Buscar
  • Maze Soluções

O dia em que a terra parou


Tempos atrás o cantor e compositor brasileiro Raul Seixas, cantou uma música intitulada “o dia que a terra parou”. Alguém poderia imaginar que um dia o título dessa música iria realmente acontecer? Pois bem, o ano de 2020 ficará marcado na história mundial como “o dia que a terra parou”, um dia somente, não, ainda não sabemos até quando essa pandemia irá durar, quanto tempo teremos que nos manter em quarentena para evitar a proliferação do nosso inimigo invisível. Um inimigo cruel e que com todo o nosso avance tecnológico não descobrimos algum método eficaz para sua cura e ou tratamento. Além de vidas infelizmente perdidas, caos na saúde pública mundial, a economia é um tema que assombra os gestores públicos e privados mundiais. Já sabemos que a pandemia terá proporções econômicas a nível de guerras mundiais e quizá da grande depressão do século XX, à crise de 29. A economia é um processo que impacta na vida de todos nós e devido à uma questão grave de saúde, nosso bem maior, devemos manter equilíbrio e atitudes sensatas durante todo esse processo. Os danos serão grandes, mas precisamos encontrar dentro de cada setor público ou privado oportunidades de crescer e desenvolver dentro do âmbito pessoal e profissional. Em todo cenário, por mais difícil que seja é possível encontrar uma oportunidade. Você, empresário, de um país de economia frágil como a nossa, não perca a esperança e a força. Aproveita o momento e olhe dentro do seu negócio, faça uma análise interna e externa, avalie suas fraquezas e fortalezas e retire oportunidades dentro das ameaças constatadas. Um bom exemplo, de encontrar oportunidades e saber lidar em um ambiente de ameaças e a história de um confeiteiro, na Itália, pós 2 guerra mundial. Com a Europa devastada pela guerra, havia escassez de cacau e o confeiteiro para seguir vendendo seus bolos e não fechar seu negócio, fez uma mistura de açúcar e avelãs ao pouquíssimo cacau que conseguia para realizar o recheio de seus doces. A mistura foi agradando toda a sua clientela e o confeiteiro Pietro Ferrero, que temia a bancarrota em um ambiente de escassez da sua principal matéria prima, criou a receita base para um doce que hoje é apreciado no mundo todo, a Nutella. Então, assim como o Pietro Ferrero, se adequou a um ambiente de escassez e crise, as empresas brasileiras, principalmente às micro e pequenas precisam deixar o desespero de lado, centralizar as forças e buscar oportunidades para seguirem com seus negócios, mantendo a empregabilidade para que os danos dessa crise possam ser vencidos o mais breve possível.

0 visualização

Siga-nos nas redes sociais

  • Facebook - Black Circle
  • Instagram - Black Circle